RS SURF PRO reuniu surfistas e famílias em Torres

Projeto contou com a apresentação da Secretaria do Esporte e Lazer do Estado

O final de semana  (06, 07 e 08/05) foi um marco na história do Surf no Rio Grande do Sul. A Prainha, em Torres, foi o palco da disputa do RS SURF PRO, reunindo surfistas de todo o país em busca do primeiro lugar no pódio, além de um expressivo público com as famílias e turistas que visitaram a cidade. O evento foi financiado pelo Pró-Esporte RS – Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através do ICMS que você paga, com o patrocínio da Dado Bier, Datateck e Navegat Malas de Viagem.

A cena do Surf trouxe o Rio Grande do Sul para a evidência, em especial para o Litoral Norte em Torres. Alguns dos melhores surfistas da categoria Profissional no país prestigiaram o RS SURF PRO, etapa válida pelo Circuito Brasileiro de Surf Profissional (ABRASP), também como etapa do Campeonato Gaúcho Profissional e Amador.

“Quanto planejamos o projeto do evento sabíamos que seria importante para a comunidade do Surf e focamos em criar experiências para que o público pudesse aproveitar o evento. Acreditamos que o objetivo foi alcançado e temos muito para agradecer. Sem a DadoBier, a Datateck, a Navegat Malas de Viagem, a ACTOR, e tantos outros parceiros não teríamos conseguido. As equipes do SESC e ULBRA também foram fundamentais para que o evento acontecesse como foi. Destacamos ainda a Secretaria Municipal de Esporte Cultura e Lazer de Torres que sempre está conosco. Conseguimos reunir muita gente boa em prol do esporte e que busca o desenvolvimento sustentável de Torres, do Rio Grande do Sul, e da modalidade que amamos. O Surf. A Liga Rio-Grandense agradece a cada um de vocês que acreditou e esteve nessa empreitada”, destacou o responsável pela entidade, Gabriel de Mello.

O final de semana com altas ondas, sol e até um calorzinho trouxe muitas famílias para aproveitarem a estrutura oferecida pelos patrocinadores e apoiadores do projeto. O Sesc, juntamente com a ULBRA Torres, ACTOR, Black Investimentos Imobiliários, Infinity Imobiliária Digital e Árvores Caiman agitaram quem buscou algum tipo de atividade física ou cultural. Já a KNN Idiomas trouxe o tradicional dinossauro mascote, além de ofertar diversas bolsas de estudos e brindes para o público. A Open Internet ofereceu sinal de internet gratuito, água e brindes para o público. 

Quem ainda não conhecia, ou que gostaria de experimentar uma das pranchas EB também teve a oportunidade em um grande test-drive com as pranchas do tradicional shaper Eduardo Braga. A Planeta Surf apresentou a tecnologia Ogrip, que substitui a parafina tornando o surf ainda mais prazeroso. A ULBRA trouxe a Auriculoterapia para todos, ao lado da OUEM e Casa Surf Bar. O Dono do Tempero do chef Luciano Lopes, chamou a atenção com um grande assado de cordeiro para degustação do público, o que rendeu muitas fotos.

Ainda no final de tarde do sábado, quando o público menos esperava, puderam acompanhar um revoada de balões na Prainha, enquanto o piloto multicampeão, Murilo Hoffmann, realizou um voo cativo com o balão da ULBRA. O gigante de ar quente encantou quem esteve no local por mais de uma hora.

Ao som do DJ Marino Alves e Krru Meurer os visitantes do evento puderam degustar as cervejas Dado Bier, além de aproveitar as frutas oferecidas pelo Casa Surf Bar. A Specialle Pizzas sorteou diversas pizzas para o público ao longo de todo o evento. 

Todo surfista ou simpatizante do Surf sabe a importância da preservação ambiental. Nesse sentido, a organização do evento buscou a parceria das Árvores Caiman com a Associação das Construtoras e Incorporadas de Torres (ACTOR) para realizar a doação de centenas de mudas de árvores nativas. O objetivo é que todos possam fazer sua parte na preservação ambiental. Inspirados nas ações do projeto Praia Limpa, durante todo o evento uma parte da equipe de atletas e organização realizou sistematicamente o recolhimento do lixo e do micro lixo (bitucas de cigarro e pequenos plásticos) na Prainha.

O Surf Adaptado também ocupou um espaço no cronograma do evento. Surfistas com alguma deficiência física fizeram uma bateria de apresentação, mostrando que o esporte é integrador e tem espaço para todos. O pequeno Vladimir e o experiente Paulo Ricardo Souza encararam as ondas deixando uma verdadeira lição de vida para o público e demais participantes.

Quer ver todas as fotos do evento? Quer ver todas as notas das baterias? Aliás, sabia que pode inclusive rever as baterias? Acesse http://lrsurf.com.br/rssurfpro/ e fique por dentro de todos os detalhes que fizeram do RS SURF PRO tão especial.

Agora Torres se prepara para uma série de atividades esportivas ao longo do ano. A ACTOR investe em qualidade construtiva e também no esporte merece destaque com a realização do MaraTorres, com mais de uma dezena de modalidades esportivas, dentre elas o Surf, o Kitesurf e o Skate. Atualmente a associação está presente nas principais iniciativas realizadas na cidade.

O RS SURF PRO foi uma realização da Liga Rio-Grandense de Surf (LRS), com os patrocínios da DadoBier; Datateck e Navegat Malas de Viagem, através do Pró-Esporte RS, lei de incentivo ao esporte da Secretaria do Esporte e Lazer do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Contou com o apoio da Associação das Construtoras e Incorporadoras de Torres (ACTOR); SeaLife Farmácia de Manipulação, Sesc Torres, Infinity Imobiliária Digital; Black Investimentos Imobiliários; Caiman Árvores Nativas; Laboratório Da Rocha; Planeta Surf; Open Internet; Ouem; Nanopoxy Produtos Químicos; EB Surfboards; KNN Idiomas; Casa Surf Bar; Dono do Tempero; ULBRA Torres; Specialle Pizzas; e Prefeitura Municipal de Torres. O apoio técnico foi da AST; FGSurf e ABRASP.

 

#NovasFaçanhasnoEsporteeLazer